Trocar a password de root no CentOS 6

Standard

Trocar a password de root a uma máquina linux é relativamente simples. Há muitas alternativas, e opções, mas a mim interessam-me as mais simples.

Se estivermos logados na máquina, basta escrever “passwd” e colocar 2 vezes a password. Até aqui é pacífico. E se tivermos mesmo perdido a password, e não estamos logados?

A opção mais simples, é arrancar em single mode. Basta fazer CTRL+ALT+DEL uma vez, a máquina vai reiniciar-se, e quando aparecer a informação do GRUB, carregas na tecla “e” na linha do kernel que queremos iniciar.

De seguida, seleccionamos o kernel, e novamente “e”, e acrescentamos ao final o seguinte: single.

Isto é pacífico para quase todas as distribuições. O que eu descobri entretanto, é que se tivermos uma máquina CentOS 6, acabada de instalar, isto não vai funcionar, a não ser que desactivemos o SELINUX. Assim, no final temos que colocar: single selinux=0.

Basta depois carregar em ESC uma vez para voltar atrás, e tecla “b” para “bootar” o kernel.

Aparece uma prompt, e basta digitar o comando passwd.

Linux num MacMini

Standard

Tinha um MacMini PPC, disco de 80 Gb, 1 Gb de RAM, parado em cima da minha secretária. Precisava de uma máquina para as minhas brincadeiras e testes. Procurei informação, e descobri que sem muito trabalho era possível ter o Ubuntu Server a correr nesta máquina.

Download da ISO do site, gravei o CD.. et voila!

Linux server 2.6.31-14-powerpc #48-Ubuntu Fri Oct 16 14:11:44 UTC 2009 ppc

A versão mais recente que encontrei para download da ISO foi a 8.04. Instalei essa, e depois meia dúzia de apt-get’s… e está feito: Ubuntu 9.10 Server, up & running.

Confesso que sou um utilizador de linuxes com sabor REDHAT desde 1996, e o processo de habituação ao apt-get, entre outras coisas vais ser complicado, mas a essência é a mesma.

Gestor de ligações RDP / SSH / etc…

Standard

Acedo diáriamente a vários servidores com vários sistemas operativos, e configurações específicas, sendo que alguns deles são responsabilidade de outras pessoas. Como tal, é sempre uma dor de cabeça guardar login/passwords, IPs, portas, etc.

Encontrei hoje um projecto opensource, ainda por cima gratuito, que me permite definir uma password global, e depois guardar em forma de bookmarks, ligações SSH, RDP, VNC entre muitas outras.

Permite ainda personalizar as ligações.

Chama-se Terminals, e o site oficial é este: http://terminals.codeplex.com/

Activar acesso SSH no VMware ESXi

Standard

Para activar o acesso SSH (eu precisei logo para poder fazer o wget de umas ISO’s), basta seguirem o seguinte:

  1. Aceder à consola, e carregar em ALT+F1 para abrir uma consola
  2. Escrever unsupported na janela que vos abre, e carregar ENTER
  3. Aparece um ecran que pede a password, colocar a password, e novamente ENTER
  4. Editar o ficheiro inetd.conf (vi /etc/inetd.conf)
  5. Na linha que começa por # SSH, retirar o #
  6. Gravar o ficheiro
  7. Matar o processo inetd ( executar primeiro “ps | grep inetd” para saber qual o PID do processo, e depois “kill -HUP _PID_” )

E pronto, basta isto.